Imagem

Imagem
(Crédito da foto: www.santoscity.com.br)

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Como limpar CORRETAMENTE óculos para Síndrome de Irlen?

Por: Débora Rossini - 
[ATUALIZADO EM 28/09/2016] 

Ôooopa!!! Na postagem de hoje, o "Sopa" traz para você como se deve limpar corretamente os óculos que corrigem a Síndrome de Irlen (SI)!!!!

"Mas 'péra lá', limpar óculos é uma coisa muuuuito simples! Basta água, sabão, um pano qualquer e... 'voilà'!!! - você deve estar pensando.

Calma, leitor! Essa simplicidade aí se refere a óculos comuns, para corrigir miopia, astigmatismo, hipermetropia, etc!!! Para óculos que corrigem Síndrome de Irlen, isso NÃO vale!!! 

"Mas por quê?" - você, leitor, deve estar aí se questionando, roendo de curiosidade.

Explico: como já expliquei em postagens anteriores, os óculos que corrigem Síndrome de Irlen possuem coloração em suas lentes (que variam de paciente para paciente); e que, se usarmos substâncias comuns para limpar os óculos.. adeus! Os óculos desbotam e perdem sua utilidade - já que são justamente as cores das lentes, que são feitas com uma tinta especial em laboratórios americanos, é que corrigem o problema. 

Então, se você tem Síndrome de Irlen, você deve limpar seus óculos com uma cera especial, em spray, que vem junto com seus óculos, quando você os adquire. Você não paga nada a mais pela aquisição dessa cera- ela já vem embutida no preço dos óculos. E ela dura mais de um ano - tempo necessário para você voltar ao oftalmologista e , aí, adquirir outro frasco. Essa cera tem uma composição química apropriada, de forma a limpar as lentes sem desbotá-las. (No frasco, vem as instruções de uso.) E, ó, lembre-se: NADA de usar sabões, soluções alcoólicas, ou produtos de limpeza comuns... senão.. tchau, óculos!!!  :-P

[ATUALIZAÇÃO DESTE POST]:
E COMO FAZER PARA LIMPAR CORRETAMENTE OS ÓCULOS PARA SÍNDROME DE IRLEN, DE FORMA QUE ELES NÃO DESBOTEM POR LIMPEZA INCORRETA?  Será que é só pegar o líquido/cera em spray, que vem junto com os óculos, e simplesmente borrifar nos óculos de qualquer jeito???
Vejam o depoimento do internauta Rafael Silva em um grupo de discussões online - publicado com a autorização dele, originalmente na minha fanpage Driblando e Vencendo a Síndrome de Irlen, e que também reproduzo aqui:

''Eu usei de forma errada [borrifando o líquido diretamente nas lentes dos óculos] e acelerou o desgaste do filtro....sou PM do DF, e fiz o curso da cavalaria ano passado e por causa da poeira e suor tive q limpar os filtros todo dia e de forma errada eu aplicava o spray diretamente nos filtros gerando o desgaste....Então, muita atenção e cuidado ao usar/limpar os filtros...hoje, com os filtros novos, utilizo pano úmido com um pouquinho de água e resolve...como tenho muita fotofobia, não é interessante esse desgaste prematuro....cada caso um caso, estou seguindo recomendações do HOLHOS [Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães] e cada pessoa deve seguir as orientações que recebeu."

Minha resposta ao internauta, no grupo de discussões:

''PAAAAALMAS pelo seu comentário, Rafael!!! Olha o que acontecia comigo: Eu [também] limpava meus filtros do jeito que vc relata (borrifando o spray direto nos óculos) e realmente acelerou o desgaste dos filtros, assim como os seus... Aí , depois de ter trocado os filtros, eu simplesmente PAREI de limpá-lo com o produto - só usava um pano macio seco e pronto!
Então tá explicado... não se deve borrifar diretamente nos óculos o produto! Obrigada por esclarecer, Rafael!"

Então, galera, FICA A DICA, OK???? 

Ao limpar os óculos a seco, no dia-a-dia, nada de usar toalhas, guardanapos de papel ou a ponta da camisa ou blusa!!!! Tais "apetrechos" podem causar pequenos arranhões nas lentes, de forma a tirar a tinta das lentes. O ideal é usar um pedaço de flanela beeeeeeem macia (igual àquelas de que são feitos casacos para bebês!!!). Tenha sempre um pedaço desse tipo de flanela dentro do seu estojo de óculos, para atender a alguma necessidade!!! ;-)

Um dia,eu estava conversando com uma leitora deste blog justamente sobre isso. Não que ela fosse portadora da SI, mas ela demonstrou curiosidade pelo "mundo Irlen" (rerrerré!!!) e, aí, em um dado momento, veio à tona o assunto: "Como limpar esse tipo de óculos". Dei as explicações acima, e ela então me questionou:

"-Tá, mas como se faz para desinfetar os óculos em caso de alguma necessidade? Tipo, se a pessoa enfrentou uma conjuntivite, por exemplo? Essa cera, por si só, não tem propriedades antissépticas...!" 

Confesso que eu nunca tinha pensado nisso! Achei extremamente pertinente a dúvida da leitora, e, então... fui perguntar para quem sabe, uê! ;-) Afinal, tal dúvida pode ser também a de muitas pessoas que usam esses óculos e que leem o "Sopa"... ;-)

Entrei em contato com a equipe do Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães, e contei a história para o pessoal de lá...  Eis a resposta que me deram (com a devida autorização para ser publicada aqui no blog):

" (...) Para cada tipo de exposição que exija descontaminação, há um tipo específico de procedimento a adotar e que os casos precisam ser orientados, individualmente. (...) "

 Isto porque, se as pessoas manusearem tais óculos de maneira incorreta, com uma certa frequência, acabam por inutilizar o objeto - que não é barato...!  Assim sendo, caso a pessoa se veja em uma situação em que necessite descontaminar os óculos, ela deve entrar em contato com um especialista em Síndrome de Irlen, que analisará as especificidades da situação, do tipo de filtro utilizado nos óculos, da frequência em que necessita fazer esse procedimento...  ;-)

Quem quiser entrar em contato com o Hospital de Olhos para maiores informações sobre SI - o qual contatei para responder à "intrigante" dúvida da leitora do "Sopa" (risos) -, o telefone de lá é: (31) 3289-2124.

E então, leitor? Caso você também tenha SI, este post lhe ajudou a matar a curiosidade sobre a limpeza correta dos óculos?  ;-)

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

"Dia"... ou "DIAS"? (de Luta da Pessoa com Deficiência) ?????

Por: Débora Rossini

Ooooopaaa!!!! Já viu no calendário qual é a data de hoje?????  
Qualquer um que anda antenado  em assuntos referentes a Inclusão, Acessibilidade , pessoas com deficiência, necessidades especiais, etc, já deve ter "sacado" que o dia 21 de setembro, é uma data assinalada como "Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência", aqui no Brasil! E o "Sopa", claro, não poderia deixar de trazer uma postagem sobre o assunto, né???? Rerrerré!!!!!! 

Você, leitor, deve estar pensando:

"-Mmmmm,  mas o que essa blogueira 'doidona' acha disso aí?"  :-D

Bom... a meu ver, datas como essas ("Dia do Deficiente", "Dia da pessoa com... [insira aqui uma necessidade especial] ", etc), devem ser vistas como uma espécie de "cutucão" na sociedade majoritariamente constituída pelas pessoas "clinicamente normais (???!!)"   -com a finalidade de mostrar que, TODO DIA é dia de luta das pessoas com deficiência. 

 Sendo assim, o 21 de setembro representa mais um "toque" para lembrar que "TODO SANTO DIA" as pessoas com as mais diversas deficiências e necessidades especiais vêm lutando por seus direitos - de poderem estudar, de exercerem uma profissão, de terem acesso aos ambientes públicos e às prestações de serviços, de serem reconhecidas como SERES HUMANOS nos mais diversos círculos de relacionamento social, de não serem discriminadas nem vítimas de "bullying", etc...

Talvez você, leitor do "Sopa", deve estar pensando:

"-Pô... mas 'péra lá' : antigamente é que não tinha esse negócio de Lei de Inclusão, e as pessoas com deficiência acabavam sendo, digamos, segregadas : além de serem tratadas como 'coitadinhas' e discriminadas, eram tratadas com atitudes assistencialistas. Hoje em dia, elas são estimuladas a se inserirem ao 'mundo dos ditos normais', tanto socialmente quanto em termos de produtividade. E aí?"

É, leitor, mas infelizmente não é beeeeeeeeem assim... :-(

"-Quer dizer então que a galera com algum tipo de necessidade especial ainda se sente insatisfeita? Ou seja, que as medidas e leis favoráveis a essas pessoas ainda são insuficientes para lhes atender plenamente? " - certamente o leitor está se questionando.

O raciocínio vai por aí mesmo...  Vou explicar direitinho... ;-) 

Ainda que a Lei da Inclusão esteja aí para ser cumprida, as dificuldades vividas pelas pessoas com deficiência ainda não acabaram... :-( Ainda há muito preconceito por parte das pessoas "ditas normais" (?????????), que duvidam de que os deficientes são capazes de fazerem muitas coisas - ainda que de maneira diferente do padrão imposto pela sociedade-  e de terem autonomia e independência em diversas situações. Ainda há muita "resistência", por parte dos "ditos normais", em aceitar "lidar com o diferente" - já que, para conviver e lidar com uma pessoa com algum tipo de deficiência, frequentemente implica-se em aprendizagem de novas formas de comunicação (Braille, LIBRAS, formas não-verbais para outros tipos de deficiência),  de novas formas de lidar com a pessoa no dia-a-dia, de novas tecnologias assistivas,  etc. Há também muita falta de compreensão - pelas pessoas "comuns" (?!?!) -  das reais necessidades das pessoas com deficiência, o que faz com que as pessoas sem tais necessidades pensem erroneamente que certas atitudes e adaptações, destinadas a quem PRECISA delas,  são "privilégios" ou "frescuras". Ainda há também quem ache, erroneamente, que adaptações que visam à acessibilidade/desenho universal são "um trabalho a mais" e "despesas extras".

 E olhem que falta de informação não é desculpa: hoje em dia, com a internet funcionando a todo vapor, dá para se buscar informações, destinadas a leigos, sobre a maioria das deficiências mais conhecidas. Tem muitos sites e blogs - vários deles MUITO BONS-  que abordam o tema! (Se você ficou curioso de conhecer alguns, que são recomendados pelo "Sopa", dê uma olhada no canto direito desta página. Vá descendo a barra de rolagem, até achar uma lista de blogs e sites sobre o assunto... e divirta-se!) Vários desses sites e blogs são escritos pelas próprias pessoas com deficiência - nos quais eles não só dão informações sobre suas necessidades, mas também expressam seus pontos de vista sobre elas e como é o dia-a-dia de uma pessoa com o quadro clínico relatado. 

Ah, e outra coisa que ocorre frequentemente: as Leis relativas à Inclusão estão aí... mas infelizmente, nem sempre elas são cumpridas... aí, dificulta bastante a vida das pessoas com deficiência, né????  :-( Taí outro ponto da "luta" da pessoa com deficiência: não só a de quebrar preconceitos e tabus, mas também de fazer as leis "valerem"... e não ficarem só "no papel".

E então, galera? O que vem à cabeça de vocês, quando aparece no calendário datas como esta - que não são datas comemorativas coisa nenhuma, mas sim datas de reflexão e de lembrança de que é necessário que atitudes sejam tomadas, a fim de que as pessoas com necessidades especiais possam ser reconhecidas como seres humanos como qualquer outro, com suas limitações e habilidades?  ;-)